Junta de Freguesia de Alvarães

Notícias

Junta de freguesia de Alvarães junta-se à DECO para garantir apoio gratuito aos consumidores

Junta de freguesia de Alvarães junta-se à DECO para garantir apoio gratuito aos consumidores

30-MAR-2017

Na freguesia de Alvarães, concelho de Viana do Castelo, a Junta de Freguesia garante apoio gratuito aos consumidores numa parceria com a DECO. Os consumidores da freguesia de Alvarães dispõem a partir deste mês de apoio gratuito no âmbito dos direitos do consumo e na orientação económica, num serviço que será prestado pela DECO, nas instalações daquela autarquia, todos os meses, com atendimento presencial dos consumidores.O aconselhamento será prestado na área do Direito do Consumo e no aconselhamento económico e de apoio a consumidores com problemas de endividamento e sobreendividamento. A Delegação Regional do Minho da DECO e a Junta de Freguesia de Alvarães assinaram um protocolo de colaboração que permitirá aos consumidores esclarecer dúvidas e resolver conflitos inerentes ao consumo, receber apoio na gestão do orçamento familiar e na mediação de situações de endividamento excessivo.Fernando Martins, presidente da Junta de Freguesia, assume que “o bem-estar e a melhoria da qualidade de vida da nossa população é uma prioridade e, por isso, com este protocolo, garantimos mais um serviço importante à porta de casa e de forma personalizada”. A DECO, através dos seus Gabinetes de Apoio ao Consumidor e de Proteção Financeira, garantirá o reforço da informação e apoio ao consumidor para uma compreensão mais clara dos seus direitos enquanto consumidores e dos diferentes produtos financeiros disponíveis no mercado, permitindo que seja capaz de avaliar as vantagens e riscos dos mesmos.

Ler mais...
8º Encontro de Cantares de Reis - CANCELADO

8º Encontro de Cantares de Reis - CANCELADO

26-JAN-2017

 A Junta de Freguesia informa que o 8º Encontro de Cantares de Reis previsto para o próximo Domingo 29 de Janeiro foi cancelado. O motivo deste cancelamento foi, entre outros, a indisponibilidade de alguns dos habituais grupos que costumam aderir e alegrar a comunidade por esta altura do ano.Compreendemos que nem sempre é oportuno e as pessoas têm outros compromissos. Agradecemos da mesma forma pois acreditamos gostariam de participar nesta bonita iniciativa que enche por completo a Igreja de S. José. Às associações/grupos que confirmaram a presença, agradecemos e pedimos desculpa se eventualmente este cancelamento causou algum transtorno. A todos os Alvaranenses e aqueles que gostam de Alvarães, agradecemos a compreensão. Com toda a certeza que a autarquia continuará com esta iniciativa para o próximo ano.Bem haja a todos!ObrigadoO Executivo

Ler mais...
Recriações de cenas do Evangelho contam com a participação de mais de 150 pessoas

Recriações de cenas do Evangelho contam com a participação de mais de 150 pessoas

26-DEZ-2016

A vila de Alvarães, em Viana do Castelo, no Domingo de Ramos antes da Páscoa leva no sábado e domingo à rua habitantes como idoso do lar para recriar a "Via Sacra" e a “Entrada Triunfal" de Jesus em Jerusalém, eventos com mais de 50 anos de tradição no território. “Os quadros vivos contam com a participação de mais de 150 pessoas, sobretudo jovens, que começaram a preparação há mês, para retratar a caminhada de Jesus a carregar a Cruz desde o Pretório de Pilatos até o monte Calvário”. Cerca de 50 idosos, 16 dos quais figurantes e devidamente trajados à época, vão este ano, participar nos quadros vivos; alguns idosos do lar decidiram igualmente abraçar o desafio e integrar os elencos. “Antigamente eram apenas jovens, hoje temos pessoas de todas as idades, a freguesia está ativamente envolvida. Podemos dizer que há pelo menos um membro de cada família da freguesia representada nos quadros vivos. Temos pais e filhos, avós e netos”, conta Júlio Vieira, estudante de 19 anos que integra a organização. Um percurso de mais de três quilómetros vai ligar este sábado à noite, pelas 20h00, as 14 capelas da freguesia, com várias centenas de pessoas a assistirem a este momento de fé e arte. “É um grande orgulho para todos nós. De uma forma ou de outra, todas as pessoas da freguesia participam. É uma altura em que a freguesia está mobilizada”, congratula-se o presidente da Junta da Freguesia de Alvarães, Fernando Martins. A recriação da “Entrada Triunfal” de Jesus em Jerusalém vai acontecer no Domingo de Ramos, pelas 10h00, uma semana antes da Páscoa

Ler mais...
Todo o Terreno: Passeio TT motorizado “Rota do Barro” realiza-se em Alvarães Viana do Castelo

Todo o Terreno: Passeio TT motorizado “Rota do Barro” realiza-se em Alvarães Viana do Castelo

26-DEZ-2016

A freguesia de Alvarães vai receber, no final do mês de abril princípio de maio mais de meio milhar de praticantes de Todo o Terreno, nas categorias de motorizados e bicicletas oriundos de vários pontos do país, de Espanha e França. O Passeio TT motorizado “Rota do Barro” vai contar com a participação de cerca de 300 praticantes, 100 dos quais oriundos de França que “tiram férias propositadamente para marcar presença na iniciativa”. “Obriga-nos a uma grande logística mas é uma participação que engrandece o evento. No ano passado pela primeira vez, contamos receber praticantes de Madrid, mas confirmados estão sobretudo da Galiza. Isto é um passeio de convívio, lazer e, de entreajuda”, explicou Rui César, da organização, também ele praticante. A paixão por estas modalidades leva, durante todo o ano, os organizadores de duas associações da freguesia a garantir a limpeza dos caminhos florestais, que utilizam para aquela prática desportiva. Desta forma, contribuem voluntariamente para a manutenção dos acessos, muitas vezes utilizados pelas corporações de bombeiros durante a época crítica de fogos florestais. “A manutenção e limpeza à beira rio, nos montes e vales, enriquece o nosso património. Estas associações desportivas têm feito um trabalho muito importante, porque hoje em dia ninguém limpa os montes, sendo este um grande contributo popular”, destacou Fernando Martins, presidente da Junta de Freguesia de Alvarães. O Passeio TT “Rota do Barro” surgiu em 2010, promovido por um grupo de amigos de Alvarães e da freguesia de Forjães, no concelho vizinho de Esposende. O percurso terá entre 90 a 100 quilómetros de extensão, com dificuldade média, constituído por vias em terra batida e alcatrão entre os concelhos de Viana, Barcelos e Esposende.

Ler mais...
História da Instituição

História da Instituição

26-DEZ-2016

O Posto de Assistência Social de Alvarães fica situado, geograficamente, na Vila de Alvarães, na cidade de Viana do Castelo, sendo que a Norte fica a freguesia de Vila Fria, a Este Vila de Punhe, a Oeste Chafé e Castelo de Neiva e a Sul confronta com os concelhos de Barcelos e Esposende. Esta freguesia tem como principais sectores de atividade a cerâmica, a indústria têxtil, a tecelagem, a moagem, o mobiliário, a carpintaria e a agricultura. Esta vila tem 2691 habitantes sendo que 16% são idosos (INE, 2001). O Posto de Assistência Social de Alvarães existe desde 1981, ou seja, há 31 anos. O seu surgimento decorre de uma outra Instituição, o Posto de Assistência Médica de Alvarães, fundada em 1950, que dava resposta e apoio na área da saúde, através de serviços diários de consulta médica e de enfermagem. Nos anos setenta, quando os Serviços Médicos Sociais começaram a dar resposta às necessidades de toda a população, foi necessário orientar o Posto de Assistência Médica de Alvarães para a área de Apoio Social. Assim, em 1980, foi criada a nova Instituição, denominada Posto de Assistência Social de Alvarães, a qual veio a ser registada em 1981. No âmbito dos seus objectivos, em 1981, é posta a funcionar a valência de Centro de Dia para a terceira Idade nas instalações da antiga Escola Primária, com base num acordo entre a Instituição e a Junta de Freguesia, sendo esta uma resposta social pioneira nas freguesias do concelho de Viana do Castelo. Com o passar dos anos e a experiencia adquirida foram surgindo outras necessidades pelo que, em 1992, foi criado o Serviço de Apoio ao Domicilio. A par de todo este trabalho e face à necessidade de criar outras infra-estruturas que proporcionassem aos utentes das valências já existentes um serviço de maior qualidade, em 1995, surgiu um projeto de restauração e ampliação das instalações (Centro de Dia) e criação de um Lar para a Terceira Idade. Em 1998 este projeto tornou-se realidade e a instituição acolheu os primeiros vinte e dois utentes no, então, novo equipamento social denominado Lar de S. José. Em 2005, através da celebração de um Acordo de Cooperação com o CDSSVC (Centro Distrital da Segurança Social de Viana do Castelo) criou-se uma equipa multidisciplinar responsável pelo acompanhamento de 39 famílias beneficiárias do rendimento social de inserção, sendo este Acordo revisto em 2007, para alargar o acompanhamento para 100 agregados familiares e novamente revisto em 2011, para alargar o acompanhamento a 125 agregados familiares. Verificando-se, ainda, a existência de outras necessidades, nomeadamente a da existência de um espaço para o acolhimento de crianças dos 4 meses aos 3 anos, a Direção desenvolveu um projeto para a construção de uma Creche e de um Centro de Noite. Em Julho de 2012, e após alguns constrangimentos, entra em funcionamento a Creche, a qual permitiu dar resposta a uma necessidade há muito expressa pelos alvaranenses.

Ler mais...
Creche Bercinho de S.José

Creche Bercinho de S.José

26-DEZ-2016

A Creche, denominada de Creche Bercinho S. José, é uma resposta social de natureza sócio-educativa de retaguarda familiar, destinada a acolher crianças dos 4 meses aos 3 anos de idade, durante o período de impedimento dos pais ou da pessoa que tenha a sua guarda, por motivos de trabalho ou por motivos de compensação de défices sociais e culturais do meio familiar, promovendo o acolhimento, guarda e prestação de todos os cuidados básicos necessários às crianças bem como a sinalização e encaminhamento de problemas sociais, definindo formas de prevenção e/ ou intervenção sócio-comunitária. A Creche Bercinho S. José encontra-se em funcionamento desde Julho de 2012, possui Acordo de Cooperação para 33 crianças, e prossegue os seguintes objectivos: - Proporcionar o bem-estar e desenvolvimento integral das crianças num clima de segurança afectiva e física, durante o afastamento parcial do seu meio familiar através de um atendimento individualizado; - Colaborar estreitamente com a família numa partilha de cuidados e responsabilidades em todo o processo evolutivo das crianças; - Colaborar de forma eficaz no despiste precoce de qualquer inadaptação ou deficiência assegurando o seu encaminhamento adequado; Para o efeito desenvolve as seguintes atividades: - Acolhimento de crianças dos 4 aos 36 meses, no seu horário de funcionamento; - Alimentação durante o período de permanência da criança; - Cuidados de higiene durante o período de permanência da criança; - Descanso/Sono; - Atividades de promoção do desenvolvimento integral da criança (sócio-educativas, lúdico-pedagógicas, estimulação sensorial, etc.); - Apoio psicossocial à criança e à família.Centro de Dia A resposta social de Centro de Dia, com Acordo de Cooperação para 18 utentes, funciona nas instalações do equipamento social Lar S. José, de 2ª a 6ª feira, entre as 8h30 às 17h30. Em casos excepcionais, com conhecimento do responsável técnico e aprovado pela Direção, pode prolongar-se até às 21h, assim como funcionar ao fim-de-semana em horário a combinar entre as partes, desde que o transporte seja assegurado pelo utente. Em dias de feriado nacional e municipal, o Centro de Dia encontra-se encerrado. O Centro de Dia presta os seguintes serviços: alimentação (lanche a meio da manhã, almoço e lanche da tarde), tratamento de roupas, cuidados de higiene pessoal e conforto, atividades de ocupação e animação, serviços médicos e de enfermagem (quando disponíveis), apoio na administração da medicação, apoio na marcação de consultas e exames médicos, apoio sócio-familiar e disponibilização de informação facilitadora do acesso a serviços da comunidade adequados à satisfação de outras necessidades. Esta resposta social presta, ainda, as seguintes atividades/serviços complementares: pequeno-almoço, serviços de refeições no domicílio (almoço, lanche e jantar) ao fim-de-semana e feriados, serviços de higiene habitacional, serviços de transporte entre o domicílio e o Centro de Dia, serviços de transporte e acompanhamento externo, apoio na aquisição de medicamentos, fraldas, produtos de higiene pessoal e/ou outros artigos e outros serviços como manicure/pedicure, cabeleireiro e podologia e fisioterapia.

Ler mais...
Engenheiro Celso Rodrigues homenageado

Engenheiro Celso Rodrigues homenageado

26-DEZ-2016

O Presidente da Câmara Municipal, José Maria Costa, inaugurou um arruamento na área empresarial de Alvarães, que recebeu o nome do Eng. Celso Rodrigues. Esta foi uma homenagem póstuma, mas muito justa promovida pela junta de freguesia de Alvarães e da iniciativa da Assembleia daquela freguesia dando um topónimo foi aprovado em assembleia de freguesia pelo trabalho desenvolvido em prol da comunidade local”. Depois do descerramento de uma placa na nova rua (EN103), seguiu-se “uma sessão solene na sede da junta de freguesia e a apresentação do livro “Poetizar as Efemérides” de Cândida Passos que serviu para homenagear Celso Gastão de Andrade Areosa Rodrigues, engenheiro naquela freguesia. Celso Rodrigues nasceu em Torre de Moncorvo, Trás-os-Montes em 1932, e embora tenha vivido grande parte da sua vida longe da terra natal, sempre se considerou um trasmontano de gema. Filho de uma professora, Teresa Areosa e de um proprietário agrícola, Carlos Rodrigues, tinha como ascendentes, do lado paterno gente ligada à terra e do lado materno gente ligada à religião. Depois de uma infância marcada pelo falecimento dos seus 3 irmãos, ainda crianças, cursou Medicina, no Porto e em Coimbra, mas mau grado a sua vocação, nunca concluiu o curso e foi, já depois de casado, de ter leccionado Educação Física nos liceus do Porto e de ser pai que concluiu, em 1969, o curso de Engenharia Química no ISEP do Porto. Em 1970, começo a trabalhar na Fábrica Jerónimo Pereira Campos, integrando-se perfeitamente nesta freguesia onde viveu com a esposa e filhos e adoptando como sua terra e suas gentes, tornando-se um alvarenense e um vianense dedicado. Ao longo de toda a sua vida foi muito empenhado na organização e participação de inúmeras atividades culturais, cívicas e desportivas, desde estudante em Moncorvo, Bragança, no Porto e em Coimbra. Com o 25 de Abril de 74, (um pouco à semelhança do que aconteceu por todo o país), e com o advento da liberdade política, em Alvarães e em Viana participou em muitas iniciativas de caracter político, cultural e desportivo. Pertenceu à Comissão Administrativa da freguesia antes das primeiras eleições autárquicas de 1976, encabeçada pelo saudoso senhor Igreja, participou na fundação da Associação Desportiva e Cultural de Alvarães e na organização das suas diversas atividades, desportivas (com a construção do campo de futebol e a formação de uma equipa de futebol para participar no campeonato distrital), culturais e edição de um jornal da associação. Participou em diversos espetáculos de teatro com jovens alvarenenses. No aspecto político, participou em representação do Partido Socialista, o seu partido de sempre e que ajudou a organizar-se em Viana do Castelo, nas Assembleias de Freguesia de Alvarães, nas Assembleias Municipais de Viana e enquanto vereador. Casou em 1961 com Maria Ester Brandão Areosa Rodrigues que conheceu em Coimbra em 1959 pessoa do mesmo modo empenhada pelo bem de todos. Foi pai de 4 filhos: Miguel, Paulo, Nuno e Alexandre, todos casados e com filhos (10 netos). Se o nosso amigo Celso Rodrigues era uma pessoa afetuosa, atenta, disponível, interessada, presente em todos os momentos e atento aos outros, sobretudo, aos mais pobres e desprotegidos, também a sua esposa o é. Assim educaram os seus filhos. Era um casal feliz….Faziam um bom par e ambos davam testemunho disso na disponibilidade, tolerância e a abertura às dificuldades de todos os que se aproximavam com dificuldades. Eu fui um deles, não só no tempo da Serra de Arga, mas também já aqui na Paróquia, para onde eles também acabaram por vir morar, quando me dirigi duas ou três vezes ao Engº Celso. A mesma coisa a sua esposa e minha colega no liceu, era um espelho do seu marido. Não lhes conheci inimizades e o Celso que já partiu, a quem me rendo em homenagem e a Ester que se encontra entre nós com os olhos nos filhos e nos netos, dando o melhor de si como mãe e avó continua a ser a mesma amiga dos pobres.

Ler mais...
A Associação Desportiva de BTT Os Reumáticos – ADBR

A Associação Desportiva de BTT Os Reumáticos – ADBR

26-DEZ-2016

À vários anos, um grupo de dois ou três amigos começou a juntar-se semanalmente para desenvolver o gosto comum de pedalar e explorar os recantos naturais da nossa freguesia e das freguesias vizinhas. Rapidamente o grupo cresceu, dado o interesse generalizado da prática de BTT, juntando 25 elementos. O desejo de promover Alvarães fez com que, a 14 de Janeiro de 2013, esses mesmos elementos reunissem e deliberassem a criação da Associação Desportiva de BTT Os Reumáticos – ADBR, com a aprovação dos seus estatutos e nomeação de órgãos associativos. Nesse mesmo dia foi eleito, por unanimidade, aquele que ainda hoje se mantém como presidente da direcção: Carlos Manuel Alves da Silva. Entre as várias competências da Associação Os Reumáticos, surge a promoção, organização e a realização de eventos, cujo principal objetivo se prende com a divulgação e o fomento das modalidades da respetiva associação. Assim, a associação organiza anualmente o “Trilho dos Andores Floridos”, que se assume como o maior evento desportivo desenvolvido, dado o interesse e número crescente de participantes. Contudo, a actividade da associação já não tem por base unicamente a prática de BTT, isto porque, as parcerias da associação com as demais associações e entidades da freguesia, conduziu a um envolvimento dos seus elementos em todas as actividades que decorrem na freguesia. Daí a participação da associação nos “Quadros-Vivos”, na Festa de Santa Cruz, com a ornamentação de uma das 14 cruzes e, mais recentemente, no Auto de Natal. Também é já corrente a participação da associação em diversas provas de BTT, com diversos prémios já arrecadados, contactos e amizades criadas, dando a conhecer o nome e as gentes de Alvarães. Actualmente a associação reune cerca de 50 elementos, entre adultos e crianças.

Ler mais...

© 2022 Junta de Freguesia de Alvarães. Todos os direitos reservados | Termos e Condições

  • Desenvolvido por:
  • GESAutarquia